sábado, 22 de agosto de 2015

A verdade sobre a falta de merenda escolar

Desde fevereiro deste ano que a prefeitura de Canavieiras foi alertada de que seria suspensa a verba da merenda escolar por falta de apresentação de prestação de contas.
Como a prestação de contas de 2014 continuou sem ser feita, o Ministério da Educação acaba de comunicar à prefeitura que “encontram-se suspensas as parcelas do Programa Nacional de Alimentação Escolar relativas aos meses de abril, maio e junho de 2015”.
A informação acima está contida em ofício do Ministério da Educação/PNAE,  cuja cópia foi enviada à redação de Tabu e também ao repórter Paulo José, da Regional Sul FM, de Camacã. Trechos do ofício podem ser lidos abaixo.
Está aí a verdadeira razão da falta merenda escolar nas escolas de Canavieiras – a prefeitura não prestou contas das verbas que recebeu durante todo o ano passado.
O prefeito Almir Melo tem procurado desviar a atenção da comunidade, culpando a Câmara de Vereadores por tudo de errado que tem acontecido em seu governo. A verdade é bem outra, pelo menos no caso da merenda escolar.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.