sábado, 29 de agosto de 2020

Teixeira do Progresso:Mudança de nome de praça gera revolta. “Izidoro doou essas terras para que o distrito existisse”,diz morador


Moradores se manifestaram contrários à lei municipal 008/2020,aprovada pelos vereadores e sancionada pelo prefeito do município de Mascote,Arnaldo Lopes Costa,que mudou o nome da Praça Izidoro Pereira da Silva para Mônica Firmino dos Santos.
Izidoro Pereira foi um apaixonado morador da localidade.Conta Mislane Rodrigues,neta,que a maioria dos moradores da cidade é a favor que o nome da praça permanecesse conforme projeto inicial,lembra que não tem nada contra a senhora Mônica Firmino,no entanto,eles querem que a lei seja revogada e que o nome da homenageada seja fixado em outra praça,menos na Praça de Teixeira do Progresso.“Izidoro doou essas terras para que o distrito existisse”,diz morador.Confira Aqui reportagem sobre anúncio do nome de Izidoro,como sendo o escolhido anteriormente.
Até a publicação desta notícia,a prefeitura de Mascote nem a câmara de vereadores do município se manifestaram a respeito do caso.
Por não serem consultados,moradores do distrito de Teixeira do Progresso,falam em fazer abaixo-assinado virtual e presencial,pois a troca não agradou a maioria e lutam para que a praça volte a ter o nome que carrega a história de um homem que tudo fez para o surgimento da localidade.“Infelizmente fomos surpreendidos com a mudança do nome e estamos indignados,pois,sabemos que a homenageada morava em Paraíso.Ninguém desconfia que a senhora Mônica não mereça ser homenageada,mas deveria ter sido feita em outro lugar’’,conta um morador que preferiu não se identificar e lembrou que suas palavras refletem o sentimento de pessoas de outras cidades que têm sua história machucada.
Ele também questionou o desconforto que moradores terão para alterarem seus costumes.“A alteração trás danos aos moradores que terão que conviver com o ''esquecimento'' do nome de seu Izidoro,pois todos sabemos de sua importância para Teixeirinha”.
O QUE DIZ ''OS FIRMINOS'' 
A família Firmino nega que a praça já tivesse outro nome,a não ser a de Praça da Matriz,e que compreende a insatisfação da família de seu Izidoro.Disse ainda que,nunca foi apresentado à Câmara de Vereadores, projeto intitulando a referida praça,por tanto,não se pode afirmar que tivesse mudança de nome,conforme alegação da família Pereira.  
Revitalização da Praça
Entre as melhorias,a praça ganhou novo paisagismo,quadra de esportes,espaço pet,e iluminação em Led.Além disso,a área de lazer também recebeu um novo piso,feito de blocos de concreto pré-fabricados,o que possibilita maior rapidez no escoamento da água da chuva para o solo.

SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com
ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577  Twitter: @oitavamaravilha

6 comentários:

  1. Na minha opinião deveria ficar o nome anterior mesmo Sr Isidro! Não tenho nada contra a professora Mônica. Mais eu acho que tem que ser mesmo nomes que tenha histórias de início de fundação.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Tem colocar Mônica Firmino sim ela foi muito importante para o distrito

      Excluir
  3. Pra quê trocar o nome da praça? A professora mônica nem morava aqui, os parentes dela sim, a mãe etc.... E seu Izidoro? Aah, esse fundou o nosso Teixeirinha, trocar o nome da praça é uma falta de respeito com os moradores, e com o próprio fundador. Eu sou contra a troca, não deve, tem que deixar o nome antigo e ponto final.

    ResponderExcluir
  4. E o que vc tá fazendo é uma falta de respeito com minha família

    ResponderExcluir
  5. Expondo a minha tia e meus familiares

    ResponderExcluir

Regras do site:
Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;
2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.
Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.
3.Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Blog Paulo José.

É LEI NO BRASIL – Todo jornalista tem o direito constitucional de revelar denúncias recebidas de fontes anônimas e manter o sigilo sobre elas.