sábado, 2 de fevereiro de 2019

Contra decisão de Toffoli, senadores mostram voto; veja fotos


Senadores revelaram neste sábado(2.fev.2019)a cédula do voto que deram para a presidência do Senado em protesto à decisão do presidente do STF(Supremo Tribunal Federal),Dias Toffoli,que determinou que a votação fosse secreta. 
     Foto:Poder 360
Alguns congressistas ainda pediram a palavra no Plenário para justificar o voto. 
Entre os senadores que mostraram o voto,estavam: Major Olímpio(PSL-SP),Tasso Jereissati (PSDB-CE),Carlos Viana (PHS-MG),Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Anastasia (PSDB-MG).Todos votaram no senador Davi Alcolumbre(DEM-AP),em oposição a Renan Calheiros (MDB-AL). 
De acordo com o Código de Ética do Regimento Interno do Senado Federal, mostrar o voto pode levar à perda temporária do mandato. 
O item 3,o artigo 10,que“considera-se incurso na sanção de perda temporária do exercício do mandato”, estabelece que “revelar conteúdo de debates ou deliberações que o Senado ou Comissão haja resolvido devam ficar secretos”. 
No entanto, a punição só pode ser efetiva se o presidente da Casa ou se algum congressista entrar com processo disciplinar contra o senador que quebrou o sigilo. 
VOTAÇÃO ANULADA
Após o término da votação, na contagem, foram encontradas cédulas duplicadas.Durante a verificação,às 16h51,80 envelopes foram encontrados com 80 cédulas.Além deles, duas cédulas estavam avulsas na urna.Senadores decidiram realizar nova eleição.
SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-557

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.