sábado, 16 de fevereiro de 2019

Boechat morreu em decorrência de politraumatismo, aponta laudo do IML


O jornalista Ricardo Boechat morreu devido a politraumatismo, aponta laudo do Instituto Médico Legal (IML) obtido pela GloboNews. 
Foto:Reprodução Google
O helicóptero no qual estava Boechat caiu na última segunda-feira (11) e colidiu com um caminhão na alça de acesso do Rodoanel com a Rodovia Anhanguera, em São Paulo.Conforme o laudo do IML, não foram encontrados sinais de fuligem na traqueia nem nos pulmões do jornalista.Além disso, a dosagem de monóxido de carbono detectada foi inferior a 10% de carboxihemoglobina no sangue, o que, de acordo com o documento, indica que Boechat já havia morrido antes de ser exposto ao gás. Foram observados sinais de traumatismo torácico e abdominal.

S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com
ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577


0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.