segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Haddad repassa R$ 2,1 milhões a dois marqueteiros delatados na Lava Jato


A campanha de Fernando Haddad repassou 2,1 milhões de reais para os marqueteiros Giovane Favieri e Valdemir Garreta, delatados na Lava Jato.
Diz o Estadão:
“Giovane Favieri, réu por suposta lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato, e Valdemir Garreta, colaborador no Peru em investigação sobre caixa dois da Odebrecht, receberam R$ 2,1 milhões da campanha de Fernando Haddad à Presidência da República nas eleições de 2018. Sócios na empresa Rental, eles locaram equipamentos e estrutura de gravações à candidatura do petista, em despesa datada da última terça-feira, 25, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral.”Valdemir Garreta, marqueteiro de Lindbergh Farias, foi o operador da Odebrecht na campanha de Ollanta Humala, o presidente do Peru eleito pelo esquema de Lula.Giovane Favieri, por outro lado, recebeu recursos da Schahin no episódio do empréstimo a José Carlos Bumlai
CLIQUE AQUI E CURTA NOSSO BLOG NO FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.