quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Cápsulas emagrecedoras são proíbidas pela Anvisa

A  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e do uso do medicamento Natu Diet com a seguinte composição: sene, gelatina, cáscara sagrada, espirulino, cavalinha, espinheira santa, fucus e carquejo doce.
De acordo com a publicação da Anvisa, foi constatada a existência de propaganda irregular do medicamento veiculada no endereço eletrônico: www.natu.diet e www.comprenatudiet.com.br.
No texto publicitário, a empresa responsável pelo Natu Diet afirma que o produto reduz o apetite, acelera o metabolismo, elimina a gordura localizada, além de ser diurético.  A Anvisa afirma que foi comprovada a inexistência de registro do produto como medicamento e a ausência de identificação do fabricante no rótulo, e por isso, foi determinada  a apreensão e inutilização de todas as unidades encontradas no mercado.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.