sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Moradores da zona rural sofrem com falta d’água e MP-BA pede fornecimento


Há pelo menos quatro anos, os moradores das localidades de Canto Verde,Bolandeira e Rio Seco, situadas na zona rural do município de Amélia Rodrigues,sofrem com falta de água.Eles não contam com serviço público de abastecimento convencional e não são atendidos regularmente por carros-pipa.É o que aponta uma ação civil pública, de autoria do promotor de Justiça Marcell Bittencourt.
    Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Na ação, o Ministério Público estadual (MP-BA) pediu à Justiça, que determine, de forma liminar, à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e à prefeitura de Amélia Rodrigues, o fornecimento imediato de água mediante caminhões-pipa ou outro meio alternativo. Conforme a ação, as reclamações dos moradores do Loteamento Verde ocorrem desde 2013,as de Bolandeira desde 2015 e as de Rio Seco desde 2018.As queixas foram registradas em abaixo-assinados e se repetiram ao longo do tempo,inclusive no final do ano passado.O promotor afirma que o MP realizou diversas reuniões com as autoridades para resolver o problema extrajudicialmente. Foram expedidos 14 ofícios cobrando informações e soluções da empresa e da prefeitura quanto ao abastecimento.O MP foi informado de que há um projeto de ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Amélia Rodrigues e mais quatro municípios,mas as obras estão paralisadas em razão de embargo do Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Inema) e da falta de autorização da Ferrovia Centro Atlântica (FCA) para a travessia da adutora de água bruta sob a via férrea.O promotor afirma que o fornecimento deve ser feito em “quantidade e periodicidade suficientes para atender, plenamente, as necessidades domésticas e familiares em todos os domicílios existentes nas localidades, atualmente privados do acesso à água através da rede de tubulação convencional, por motivos que os moradores não deram causa”.Em nota ao bahia.ba, a Embasa afirmou que só irá se manifestar sobre a ação civil quando for citada no processo, o que não ocorreu até esta quinta-feira (31).
SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-557




0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.