terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Arataca:Transporte escolar irregular põe em risco a segurança de alunos;Cabe ação civil pública na Justiça


De segunda a sexta-feira,centenas de estudantes da rede municipal de ensino em Arataca que residem nos  bairros e zona rural se arriscam em ônibus superlotados,velhos e sujos para chegar à escola.
Sem segurança alguma,crianças e jovens de 8 a 17 anos viajam em veículos sem as mínimas condições.Por isso,a grande maioria vai em pé,se escorando no corrimão,espremida entre os colegas.Por falta de espaço,os alunos chegam a ocupar a escadaria das portas e a sentar em cima do motor,ao lado do motorista.Mesmo aqueles que vão sentados têm pouca segurança,já que alguns veículos não contam com cinto nos bancos,disse um aluno.
Com o sacolejo causado pelos buracos na via de terra,não são raros acidentes no percurso.Segundo os alunos,crianças menores costumam cair no assoalho do veículo,e chegam sujas no colégio.“Não dá para alcançar o corrimão,então a gente se pendura nos mais velhos”,diz Letícia Isabele,10 anos.‘’Faltando menos de 16 dias para início das aulas,o que temos são sucatas e ônibus no pátio,verdadeiras porcarias, sem pneu e os que tem,estão no arame’’,conta o vereador José Coelho.
Sem qualquer noção do perigo,e como não há monitores nos veículos, crianças de 12 anos se divertem esticando a cabeça para fora das janelas,como o Blog Paulo José constatou no fim do ano passado.
De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases (LDB),o transporte escolar é de responsabilidade dos municípios e do Estado.
ESTRADAS ABANDONADAS
Devido ao mau estado dos ônibus e à condição da via,não é raro que os veículos quebrem no meio do caminho,segundo os alunos.“Às vezes cai em um buraco maior e já era.Ou a gente vai embora para casa,ou vai a pé”,diz Gabriela,15 anos.Quando chove,os ônibus não circulam nos bairros irregulares devido à lama que toma conta das ruas,e os alunos ficam sem acesso ao transporte. 
Tanto o Ministério Público quanto o Conselho Tutelar devem encaminhar ofício à Secretaria de Estado da Educação e à Prefeitura solicitando providências para o problema.Cabe  ação civil pública na Justiça para obrigar o poder público a colocar veículos adequados ao transporte escolar.ESTAMOS DE OLHO!
 A SITUAÇÃO NO GOVERNO KATIANA SE REPETE CONFORME PODE-SE NOTAR NESTA REPORTAGEM FEITA EM 2018-Arataca: ESTUDANTE DENUNCIA SITUAÇÃO PRECÁRIA DE ÔNIBUS ESCOLAR;''Não é a 1º nem a 2º vez!'' diz. REVEJA AQUI!
S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577


0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.