sexta-feira, 23 de novembro de 2018

JUTAHY DIZ QUE MÉDICOS CUBANOS NÃO PODEM SER VÍTIMAS DE DITADURA E DE INGRATIDÃO

Por “Política Livre”
Em discurso hoje na Câmara dos Deputados, o deputado federal Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) chamou a atenção para o fato de que, além de vítimas de uma ditadura, como a de seu país, os médicos cubanos não sejam também vítimas da ingratidão do povo brasileiro. Jutahy lembrou que votou contra o programa “Mais Médicos” por saber de as suas falhas e sempre ter achado que o principal objetivo do governo Dilma Rousseff (PT) fosse atender primeiro os interesses do ditadura de Cuba, o que, conforme salientou, é demonstrado por todas tratativas que ocorreram entre os dois países.
“Agora,deixar de reconhecer que estes profissionais de saúde chegaram ao Brasil e, na quase totalidade, cumpriram com suas tarefas com absoluta dedicação e decência e,após um rompimento unilateral cubano, não reconhecer o cuidado que tiveram com nossa população nas regiões mais distantes e inóspitas, na área básica de saúde, seria uma demonstração de absoluta ingratidão com todos eles”,afirmou Jutahy.
SE VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com –ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577
CLIQUE AQUI E CURTA NOSSO BLOG NO FACEBOOK

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.