domingo, 28 de outubro de 2018

Brasil elege neste domingo 38º presidente da República


Os brasileiros vão às urnas neste domingo (28.out.2018) na 6ª eleição para presidente que vai para o 2º turno desde 1989. É o 8º pleito direto para o cargo. Apenas Fernando Henrique Cardoso (PSDB) conseguiu vencer no 1º turno, em 1994 e 1998.Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) concorrem ao cargo de 38º presidente da República.
O militar lidera as pesquisas e pode quebrar a hegemonia do PT nas eleições para o Palácio do Planalto no século 21. A sigla venceu as disputas de 2002, 2006, 2010 e 2014, com Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. 
A posse de Dilma Rousseff (PT) em 2014 marcou 1 recorde democrático histórico no Brasil. Foi a 1ª vez em que houve 7 eleições diretas consecutivas com a posse do vencedor. 
Em 1918, Rodrigues Alves seria o 7º a vencer uma disputa direta e a assumir o comando do país em 7 eleições presidenciais. Mas ele contraiu gripe espanhola e morreu antes de assumir. Em 1º de janeiro de 2019, novo recorde será batido com a posse do eleito. 
Além de escolher o próximo presidente, em 13 Estados e no Distrito Federal os eleitores definirão também os seus novos governadores. Levantamento do Poder360 com as últimas pesquisas divulgadas indica a maior fragmentação da história. Eis a lista de unidades da Federação que terão 2º turno e os candidatos: 
Amapá: Waldez Góes (PT) x João Capiberibe (PSB);
Amazonas: Wilson Lima (PSC) x Amazonino Mendes (PDT);
Distrito Federal: Ibaneis (MDB) x Rodrigo Rollemberg (PSB);
Mato Grosso do Sul: Reinaldo Azambuja (PSDB) x Juiz Odilon (PDT);
Minas Gerais: Romeu Zema (Novo) x Antonio Anastasia (PSDB);
Pará: Helder (MDB) x Marcio Miranda (DEM);
Rio de Janeiro: Wilson Witzel (PSC) x Eduardo Paes (DEM);
Rio Grande do Norte: Fátima Bezerra (PT) x Carlos Eduardo (PDT);
Rio Grande do Sul: Eduardo Leite (PSDB) x José Ivo Sartori (MDB);
Rondônia: Expedito Junior (PSDB) x Coronel Marcos Rocha (PSL);
Roraima: Antonio Denarium (PSL) x Anchieta (PSDB);
Santa Catarina: Gelson Merísio (PSD) x Comandante Moisés (PSL);
São Paulo: João Doria (PSDB) x Marcio França (PSB);
Sergipe: Belivaldo Chagas (PSD) x Valadares Filho (PSB).
O Brasil tem 147.302.357 eleitores aptos a votar, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral de julho de 2018. No 1º turno, mais de 30 milhões de eleitores não compareceram às urnas. O nível de abstenção, de 20,3%, foi o mais alto desde as eleições de 1998, quando 21,5% do eleitorado não votou.
 As mais de 480 mil seções eleitorais serão abertas às 8h e fechadas às 17h, seguindo sempre o horário local. 
No exterior, 500.727 eleitores poderão votar em 99 países. Foram enviadas 744 urnas (680 eletrônicas e 64 de lona) para os 171 locais de votação. A apuração e divulgação dos votos começará logo após o fechamento das urnas. No caso da disputa para presidente, os números parciais da votação começam a sair às 19h, quando fecham as últimas urnas no Acre (que tem fuso horário com duas horas de diferença para o de Brasília). 
A seguir, 1 infográfico preparado pelo Poder360 com os 37 presidentes anteriores (sem considerar os que morreram ou ficaram doentes antes da posse –Júlio Prestes [1930], impedido de assumir o cargo, e as duas Juntas Governativas Provisórias):





0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.