quinta-feira, 5 de abril de 2018

Operação Fraternos sofre 1º revés na Justiça que devolve cargos aos prefeitos de Eunápolis, Porto Seguro e Cabrália


A decisão liminar que afastava dos cargos os prefeitos Robério (Eunápolis), Cláudia Oliveira (Porto Seguro) e Agnelo Júnior (Santa Cruz Cabrália), todos do PSD, foi derrubada pela 2ª turma do mesmo tribunal que expediu a liminar, o TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), em Brasília, na tarde desta quarta-feira, 4 de abril, devolvendo a titularidade dos cargos aos três. 

A decisão é o 1º revés na Justiça sofrida pela Operação Fraternos, que foi deflagrada no dia 7 de novembro, pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e CGU (Controladoria Geral da União), mobilizando 250 agentes federais, dezenas de procuradores da República e servidores da CGU, segundo divulgado pela PF, que ainda não concluiu o inquérito onde apura as suspeitas de formação de organização criminosa, fraudes em licitações e desvios de dinheiro nas 3 prefeituras do extremo sul baiano.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.