terça-feira, 28 de novembro de 2017

Camacan: Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD formou nesta manhã centenas de crianças

O Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education - D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil; conta com três currículos:
1- PROERD para Educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental,
2- PROERD para 5º ano do ensino fundamental,
3- PROERD para 7º ano do ensino fundamental,
4-  PROERD para Pais/Responsáveis.
A iniciativa é considerada pela ONU como um dos maiores programas de prevenção as drogas e a violência do mundo.
-É um programa com caráter social preventivo, posto em prática pela Polícia Militar, que trabalha em conjunto com os alunos do 5º e 7º anos do ensino fundamental, que se encontram na faixa etária de 09 a 12 anos, através do esforço cooperativo entre Polícia Militar, escola e família, oferecendo atividades educacionais em sala de aula, que inserem em nossas crianças a necessidade de desenvolver as suas potencialidades, ajudando a preparar para o futuro uma geração consciente do exercício de sua cidadania,disse capitão Penalva,comandante da 62ª Cia PM de Camacan,à nossa reportagem.
Após quatro meses de curso as crianças recebem o certificado PROERD, ocasião que prestam o compromisso de manterem-se afastados e longe das drogas e da violência.Com o ginásio de esportes lotado,conforme mostram as fotos,-o município de Camacan,sul da Bahia,reafirma seu compromisso de continuar lutando para que as crianças e adolescentes ,sejam respeitados em seus direitos,e que ações como esta,possam ganhar mais apoio e incentivo por parte da prefeitura-,garantiu o prefeito Oziel Bastos .
CONFIRA AS FOTOS:


































0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.