segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Prefeito ameaçado de perder cargo



A ação em que é pedida a cassação do diploma do prefeito Almir Melo retornou ao Tribunal Regional Eleitoral em Salvador para julgamento final.É que foi negado seguimento ao recurso extraordinário impetrado pelos advogados do prefeito no Tribunal Superior Eleitoral em Brasília.A ação pede a anulação do diploma do prefeito por ele ter contas reprovadas pelo TCU – Tribunal de Contas da União, isto é, por ele ser ficha-suja. A ação foi movida pelos advogados Élio Pereira de Souza e Luis Vinicius de Aragão Costa em nome do PPS - Partido Progressista Socialista..No dia 24 deste mês, já em Salvador, foi designado relator o juiz Fábio Alexandro Costa Bastos, que tem prazo para emitir seu parecer e encaminhá-lo ao Ministério Público Estadual.Caso o prefeito Almir Melo tenha suspenso seu diploma e seja afastado do cargo, deverá sucedê-lo a vice-prefeita Therezinha Niella Costa. Para outros, porém, há o entendimento de que a suspensão do diploma se estenderá à vice-prefeita, devendo nesse caso o cargo passar ao segundo colocado no pleito, pastor Isaias Alexandrino, bastante conhecido por Índio e vice-prefeito na chapa de Otoniel Cassemiro Neto, que morreu há dois anos.  

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.