sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Advogados de Porta de Cadeia

PAULO ROBERTO Da Redação
Com a legislação criminal que temos, multiplicam-se os chamados advogados de porta de cadeia. Estes, sem o mais mínimo espírito jurídico, ainda menos da boa ética profissional.

Não lembro agora quem foi o jurista que disse “O bom advogado não se mede pelo número de causas que ganha, mas pelo número de causas que recusa”. Aí, o compromisso com a profissão.

Seria de bom conselho que tais advogados conhecessem, e mais do que isso, assimilam-se o conteúdo moral da “Oração aos Moços”, de Rui Barbosa, tão em falta nesses profissionais.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.