quarta-feira, 3 de abril de 2019

VÍDEOS:Ônibus Escolar de Arataca quebra e deixa crianças no meio do mato entregues aos carrapatos


Estudantes da rede pública de Arataca,na região sul da Bahia,tiveram que descer do ônibus e atravessar uma fazenda de cacau para chegar em casa na manhã  desta quarta-feira (03). 
Os alunos tiveram que seguir a pé.Em um vídeo,feito por uma moradora(veja abaixo),é possível perceber a dificuldade das crianças para andar no meio do mato.De acordo com a moradora,isso é uma irresponsabilidade da prefeita Katiana de Agenor,pois há muito se espera um transporte digno,conforme,ela prometera.

Em outra mensagem enviada à redação do Blog Paulo José,constamos que a aflição e a desesperança tomam contam de pais e alunos,confira o desabafo de uma jovem estudante: 
Até quando vão continuar mandando esses ônibus para transportar crianças??KATIANAAAA acordaaa, você ta destruído sua reputação sem a ajuda de ninguém. É de partir o coração ver crianças na faixa de 4 a 8 anos andar 2km se encherem de carrapatos dentro do mato para chegar em casa! Tudo isso por falta de transporte decente para leva-los até a escola e traze-los de volta para casa com segurança, como que uma prefeita em sã consciência consegue fechar contrato com uma empresa que não tem transportes descentes para conduzir as crianças da própria região? PREFEITA, VEREADORES, SECRETÁRIO DE TRANSPORTES essas crianças estudam porque sonham com um futuro digno. E vocês sem sombra de dúvidas estão AJUDANDO muito!"A educação do município é tão boa, que os filhos do Sec. De educação estudam em outro município" PARABÉNS ARATACA! VOCÊS SÃO ÓTIMOS!
Fotos enviadas ao WhatsApp do Blog Paulo José,por moradores da cidade.



S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com
ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.