segunda-feira, 11 de março de 2019

Caminhão que colidiu com helicóptero de Boechat estava a 40 km/h, aponta laudo


Um mês após a queda do helicóptero que causou a morte do jornalista Ricardo Boechat e do piloto Ronaldo Quattrucci, o laudo do Instituto de Criminalística indica que o caminhão que colidiu com a aeronave estava dentro do limite de velocidade da via. 

Segundo o laudo, o caminhão estava a 40km/h ao sair da praça de pedágio, em direção à Rodovia Anhanguera. O documento foi divulgado pelo G1, com exclusividade.Para a Polícia Civil, ainda não há elementos para responsabilizar alguém pela queda do helicóptero e o caso é tratado como “uma fatalidade”.O jornalista Ricardo Boechat morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML).De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal,“caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária”.O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.
S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com

ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.