sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

José Cardoso é condenado a mais de 20 anos de prisão por matar ''NÔCA'' em Comandatuba-Una


Um homem acusado de matar a tiros o dono da pousada onde trabalhava,na cidade de Una, no sul da Bahia,foi condenado a 21 anos, 10 meses e 15 dias de prisão,em regime fechado,nesta quinta-feira (21),mais de um ano após o crime. 
   Foto: Reprodução/TV Santa Cruz
José Cardoso foi submetido a júri popular,no Fórum da Comarca de Una. A audiência começou às 10h e foi encerrada por volta das 20h.Um policial militar que atendeu a ocorrência na época do crime e outros funcionários da pousada foram ouvidos. 
Nos depoimentos, as testemunhas que trabalhavam com o acusado contaram que a relação dele com o patrão era de confiança.Segundo as testemunhas, José chegava a dizer que considerava a vítima como um pai para ele.Contudo, o homem confessa o crime,e aponta a mulher do patrão como mandante.A suspeita, identificada como Lícia Ferreira Brasil, nega as acusações.Ela chegou a ser presa na época do crime, mas foi liberada e,atualmente, aguarda julgamento em liberdade.Após a audiência, José Cardoso foi levado para o sistema prisional.
Caso
O crime ocorreu no dia 3 de dezembro de 2017.O empresário, identificado como Crispim Gomes,de 65 anos,carinhosamente conhecido por todos como Nôca,foi atacado a tiros quando chegava de carro à pousada.Ele estava com a esposa,que,na época,contou para a polícia que conseguiu fugir.O caso causou grande comoção na Ilha de Comandatuba ,como em toda cidade de Una e região.
No dia 11,uma semana depois,José se apresentou na delegacia da cidade e confessou o crime. Inicialmente, ele contou para a polícia que cometeu o crime para pagar uma dívida. Contudo,cerca de cinco meses depois ele prestou um novo depoimento e acusou a ex-patroa.
Empresário foi abordado quando passava por cancela,que dá acesso ao local onde fica a pousada—Foto: Reprodução/TV Santa Cruz Empresário
S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com
ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.