quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

O resumo de Gabriela Hardt sobre o elo entre Lula e Odebrecht, no caso do sítio


Se confirmada nas instâncias superiores, a pena imposta a Lula na nova condenação pelo sítio de Atibaia (SP)deverá elevar o tempo do petista no regime fechado de 2 para 4 anos. 

Somadas, as penas de Lula já alcançam 25 anos (300 meses). A progressão para o regime semiaberto só ocorre após cumprido 1/6 do tempo total (50 meses).Como foi preso em abril do ano passado, pela condenação do tríplex do Guarujá (SP), Lula deverá ficar em tempo integral na cadeia pelo menos até junho de 2022.
O resumo de Gabriela Hardt sobre o elo entre Lula e Odebrecht, no caso do sítio

A juíza Gabriela Hardt resumiu a ligação entre Lula,o sítio de Atibaia e as obras que foram realizadas na propriedade pela Odebrecht da seguinte forma:
“Reputo que restou comprovado acima de dúvida razoável que:
– A Odebrecht assumiu as obras de reforma do sítio de Atibaia que haviam sido iniciadas por José Carlos Bumlai no final de 2010;
– As obras foram feitas em benefício da família do ex- presidente, fato assumido inclusive por Fernando Bittar,proprietário formal do sítio;
– Foram executadas diversas benfeitorias acima individualizadas, para as quais,foram gastos R$ 700 mil,também em razão da urgência na sua conclusão;
– Toda a execução da obra foi realizada de forma a não ser identificado quem a estava executando e em benefício de quem seria realizada;
– Todos os pagamentos efetuados pela Odebrecht para execução da obra foram feitos em espécie,valores esses providenciados pelo Setor de Operações Estruturadas da companhia,também no intuito de não deixar rastros de quem era o pagador;
– O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve ciência das obras realizadas pela Odebrecht em seu benefício e da sua família,pois: foi informado sobre o seu cronograma por Emílio Odebrecht;visitou o sítio exatamente na data em que foi realizada a desmobilização, quando ainda faltavam alguns acabamentos;e notas fiscais referentes à reforma, entregues a seu advogado e compadre Roberto Teixeira, foram encontradas em sua residência.”
S E VOCÊ tem alguma denúncia ou algo importante  e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com
ADICIONE nosso WhatsApp 73 9 9941-557

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.