quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Projeto social Igo Cardoso em parceria com a Fundação Hospitalar oferece esperança para crianças carentes em Camacan



Crianças em situação de vulnerabilidade não têm apenas carência material, mas de afeto,atenção e carinho. Doar brinquedos e roupas é até um bom começo, mas está longe de ser o suficiente para pequenos que não contam com uma boa estrutura familiar em comunidades carentes. É isso que um grupo de voluntários acredita e,por isso, resolveu fazer mais–oferecer o que essas crianças mais precisavam: afeto e atenção. 
                           Laryssa é irmã do Igo,que dar nome ao projeto em sua memória
O projeto Igo Cardoso é uma parceria que nasceu nas mãos de Laryssa Cardoso(foto)e amigos voluntários,em Camacan,e que chegou aos ouvidos e ao coração do médico Almir Gonçalves.
Igo,era um jovem atuante na comunidade e morreu em 09 de dezembro,após um grave acidente na BR 101,deixando grávida a esposa Mariana,com quem teve o filho Valentim.
 Depois participar de edições da Feira de Saúde,promovida pela Fundação Hospitalar da Mata Atlântica,Laryssa,agora trabalha para trazer o projeto para todas as comunidades e fazer mais para as crianças daqui.Para isso, são trabalhados pilares que sustentam a ideia, com ensinamentos que podem fazer a diferença na vida dos pequenos, com um objetivo maior de fazer com que, no fim do projeto, eles trabalhem o que aprenderam em casa, na escola e na comunidade.Durante um dia todo,são recrutadas crianças e adolescentes de diferentes bairros que participarão de atividades recreativas, que têm o intuito de trabalhar questões que fazem a diferença na vida das pessoas,além da distribuição de brinquedos,doces e roupas. 
Formato do Projeto
O projeto realizado em Camacan atende crianças e adolescentes, que acompanham seus pais e ou responsáveis,durante os atendimentos da Feira de Saúde. “Com o projeto é possível resgatar parte da auto-estima deles e auxiliar em aspectos que podem torna-los jovens capazes de criar mudanças em suas próprias vidas e nas suas comunidades”, diz Laryssa. 
Durante o dia intenso de atividades,o projeto trabalha quatro pilares com os participantes:natureza,que contempla a sustentabilidade, ecologia e consciência ambiental; alimentação e saúde, onde as crianças aprendem mais sobre higiene e alimentação equilibrada;espiritural: com o trabalho de meditação, relaxamento e respiração; e, por fim, o amor e a caridade–neste tópico,as crianças aprendem a demonstrar o que sentem e a fazer o melhor para os que amam.
Gostou da ideia? Que tal ser um anjo na vida de uma criança e torná-la mais esperançosa por um mundo melhor?
Comunidade do Assentamento Nova Ypiranga,às margens da BA 027 que liga Camacan a Pau Brasil



0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.