sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Perseguição: Governo Eures Ribeiro é acusado de demitir servidores, prestadores que não votar em seus candidatos


A administração do prefeito e presidente da UPB(União dos Prefeitos da Bahia), Eures Ribeiro (PSD), está sendo acusado de perseguir e até demitir servidores. Em conversa com nossa reportagem, nesta quinta-feira (27/09), uma servidora de iniciais PSO, 29 anos, revelou que a sua irmã é cabo eleitoral de outro candidato nas horas vagas e por conta dessa militância aconteceu a punição. 
“Eu estava trabalhando ontem (quarta-feira), me chamaram nos Recursos Humanos. Chegando lá fui atendida por uma senhora, que eu não lembro o nome, e disse que algumas pessoas seriam dispensadas porque eles estavam sem verba pra pagar algumas coisas, mas em cima da mesa reparei que tinha pessoas sendo admitidas”,disse P.S.O, confirmando que a motivação foi política. 
“Uma outra mulher que estava na sala disse que minha dispensa era porque a minha irmã estava trabalhando para o candidato de oposição aos do prefeito”,mas não lembro os nomes das pessoas. Perguntei porque estava sendo dispensada,mas falaram que não poderiam dar explicações e que a ordem era essa”, reforçou P.S.O, arrematando: “Achei uma falta de respeito por parte do prefeito, ele que prega tanto a democracia, chega a ir em rádios e meios de comunicação, falar que foi barrado por cobrar direitos, porque quem trabalha para candidatos de oposição a ele é a minha irmã, não eu. Como minha irmã concursada trabalha para a oposição, aproveitaram e me colocaram pra fora.”
Eures Ribeiro é aquele mesmo,que se disse injustiçado por não conseguir falar com o Presidente Michel Temer por ".perseguição".
SE VOCÊ tem alguma informação ou denúncia e quer contar pra todos,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com OU WhatsApp 73 9 9941-557

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.