quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Camacaense Karla Oliveira reúne amigos,anuncia candidatura e fala de suas propostas caso seja eleita


Karla Oliveira,nasceu em 1989,na cidade de Camacan-Ba. Filha caçula de dona Maria Dajuda da Silva e seu Manoel Oliveira Silva,ambos também naturais e conterrâneos de Camacan. Karla Oliveira vem de uma família simples e humilde.Atualmente Karla,trabalha como manicure e esteticista em sua própria casa e,algumas vezes faz atendimento em domicilio.
Mãe de dois meninos, Ray e Raylan.No ano de 2013 fez o curso técnico em gestão de políticas publicas, em 2015, formou-se em Administração. E, antes mesmo de ter sua segunda formação em políticas públicas, conseguiu se inserir no cenário político da cidade que tanto ama e tem suas raízes fincadas.
Atuou como assessora parlamentar (2010-2011)
Coordenadora de campanha (2012)
Assessora pessoal empresarial (2013-2014)
Propostas
  1. Enquanto filha e moradora de Camacan, com mãe, pai,irmãos e demais parentes residentes aqui e assim como eu, a maioria nunca saiu dessa cidade maravilhosa, pacata, uma terra que tem referência até os dias atuais como sendo a terra onde a natureza é próspera, terra que um dia foi principal fonte e subsidio para o cacau, fruta que se tornou riqueza e rentabilidade de economia local. Quero reafirmar meu compromisso, por isso cheguei à conclusão de que eu queria concorrer à uma vaga na Assembleia Legislativa, para representar não só os interesses dos baianos, mas também os meus, e contribuir diretamente para o progresso da cidade que
  2. nasci, cresci, construir minha história e amo.Destaco as principais propostas, dentre tantas outras.
  3. Em nome dos meus filhos, visando o bem comum deles e de todas as crianças que assim como eles têm pais que almejam mais recursos e mais honestidade na aplicação dos recursos que vêm do Governo Federal,para assegurar bem estar maior nas escolas.Minha primeira prioridade é um olhar direcionado à Educação, começando pela Bahia, em especial o ensino
  4. infantil e fundamental nas escolas públicas:1. Criar um PL onde indefira já na Assembleia
  5. quaisquer projeto de votação que diz respeito à imoralidade, a obscenidade para conteúdos
  6. destinados, seja em escola, teatro ou cinema. E caso seja desrespeitado a lei, aplicação de multa para os responsáveis de instaurar a promiscuidade em ambientes de visitação de crianças e adolescentes.
  7. 2. Investir mais em laboratórios com computadores modernos e aulas de capacitação como, por exemplo: informática até o nível avançado, para sanar o problema financeiro dos alunos que tem pretensão de ingressar no mercado de trabalho mais cedo, mas em muitas das vezes não têm condições de pagar o curso de informática. Em especial, emenda para Camacan.
  8. 3. Criar Projeto “Acesso fácil na Universidade Pública” além do ENEM, critério único para o
  9. ingresso na universidade pública, pretendo criar um projeto onde retome o antigo vestibular com etapas para facilitar a integração do número de jovens fazendo faculdade.Minha segunda prioridade é a saúde. Temos visto no Brasil e principalmente na Bahia descasos cada vez mais agravantes no SUS (Sistema Único de Saúde), a situação para o paciente que depende desse sistema é triste, e é como se o paciente estivesse pedindo algo, quando na verdade paga impostos para receber em troca, os serviços que lhes são assegurados por direito. Partindo de uma atenção maior para minha cidade de origem,Camacan, pretendo:
  10. 4. Destinar recursos para reabertura do HSA (hospital Santo Antônio); manutenção do FHMA
  11. (Fundação Hospitalar da Mata Atlântica). No local do antigo hospital AMEC, implementar um
  12. laboratório de mais avançado aparato, para realização de exames e procedimentos.
  13. Minimizando, portanto, a necessidade de pacientes que precisam se deslocar pra Itabuna, por
  14. exemplo, em busca de atendimento.5. No geral, fiscalizar a destinação das verbas que o
  15. Governo da Bahia administra para a criação e manutenção de hospitais, que segundo a população deixa a desejar nos serviços ofertados, inclusive hospitais que são construídos e levam tempos e tempos para funcionarem, deixando toda população à mercê.No quesito segurança, pretendo ser dura enquanto os indivíduos que instauram caos em nosso estado, e
  16. tentar o máximo contribuir com a proteção dos cidadãos de bem, trabalhadores e honestos que sustentam o Brasil.
  17. 1. Pretendo primeiramente criar projetos de leis mais drásticas para autores de crimes hediondos sem precisar que sejam autuados em flagrante.
  18. Como por exemplo, a maximização da pena (prisão perpétua) para determinados crimes,
  19. sem dar a mínima chance para que o marginal venha ser solto através de habeas corpus ou
  20. pedido de revista da sentença; Crimes contra mulher: tem obtido bastante ascensão no Brasil
  21. o número de agressão física e assassinatos de mulheres diariamente, portanto apresento
  22. projeto de lei para o não deferimento de habeas corpus, e a depender do grau da violência pena máxima ou estendida..

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.