terça-feira, 18 de setembro de 2018

A 20 dias do 1º turno, cenário começa a se afunilar entre Bolsonaro e Haddad


Em 7 eleições, são duas viradas na reta final.Lula 1989 e Aécio 2014 vinham em alta.Cenário é ruim para Alckmin e Marina
A 20 dias do 1º turno das eleições, o cenário da corrida presidencial começa a tomar contornos que desembocarão no resultado das urnas em 7 de outubro. O resultado das pesquisas de intenção de voto mais recentes indicam uma tendência de afunilamento entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) como mostra o agregador de pesquisas do Poder360, o único na web que reúne todos os levantamentos.

O levantamento nacional mais recente, da CNT/MDA, divulgada na 2ª feira (17.set.2018) indica Jair Bolsonaro com 28,2%, Haddad com 17,6%; Ciro Gomes (PDT) com 10,2%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 6,1% e Marina Silva (Rede) com 4,1%. 
Pesquisa é foto. Eleição é filme. O gráfico dos últimos 6 meses mostra que as curvas em alta nesta fase atual são a do militar e a do petista. A perspectiva é bem pior para Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede).O tucano ainda não conseguiu até agora transformar a superioridade em tempo de TV em intenção de votos. A candidata da Rede vem em queda acentuada nos últimos dias –nos levantamentos do Datafolha despencou de 16% das intenções de voto para 8% em duas semanas. 
HISTÓRICO DE POUCAS VIRADAS
Um alento para os 2 candidatos seria olhar a história das 7 eleições presidenciais desde a volta do Brasil ao regime democrático. Reviravoltas em relação aos líderes das pesquisas a 20 dias do 1º turno aconteceram duas vezes. Lula ultrapassou Brizola em 1989 e Aécio passou Marina Silva em 2014 para ir ao 2º turno. 
Mas o alento é pequeno. Há uma diferença na trajetória de Lula em 1989 e Aécio em 2014 a esta altura da campanha presidencial: os 2 já demonstravam uma curva ascendente nas intenções de voto –exatamente o contrário do que apresentam Geraldo Alckmin e Marina Silva neste ano.
Fonte
PODER360 

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.