segunda-feira, 11 de junho de 2018

Policial teve órgãos retirados por traficantes antes de ser morto




O policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, morto brutalmente por traficantes no bairro da Santa Cruz, em Salvador, neste final de semana, foi torturado e teve os órgãos arrancados pelos criminosos antes de ser morto. De acordo com a polícia, o PM teve os olhos arrancados, orelhas e língua decepadas e até o coração retirado do corpo depois de ser abordado pelos bandidos.
O corpo do policial foi enterrado neste domingo (10), no cemitério do Campo Santo. O sepultamento foi acompanhado por centenas de familiares e amigos.Os autores do crime foram identificados como Choquito, Keka e Leno. Um dos suspeitos de participação já morreu.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.