segunda-feira, 18 de junho de 2018

Morre Orlando Tapajós


Luto. O construtor de trios elétricos Orlando Tapajós, morreu na madrugada deste domingo 17/6, aos 85 anos. Ele estava internado no Hospital Teresa de Lisieux, no bairro do Itaigara, em Salvador.
Na última segunda-feira 11/6, o carnavalesco havia dado entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade após sofrer um infarto.
Orlando Tapajós desfilou pela primeira vez no Carnaval de Salvador em 1956, durante a folia no bairro de Periperi. De lá para cá, ele iniciou a evolução dos trios que são internacionalmente conhecidos até hoje.
Presidente da Associação Baiana de Trios Independentes (ABTI), Paulo Leal, comunicou o falecimento e falou sobre o legado deixado por Orlando Tapajós. “A ABTI  e toda comunidade carnavalesca está de luto e lamenta profundamente a perda do grande carnavalesco e ícone da história da Bahia e do Brasil. Estamos auxiliando a família em todos os procedimentos para o sepultamento”, disse.
Despedida
O velório será reaberto nesta segunda-feira (18) no Palácio do Rio Branco, entre 8h e 11h. Depois, o corpo será levado em cortejo que seguirá em um carro do Corpo de Bombeiros pela Rua Carlos Gomes, dando a volta na Casa D’Itália e parando na Praça Castro Alves. 

Lá será feita uma homenagem com trios elétricos e promessa da presença de grandes artistas baianos. O sepultamento acontecerá no Cemitério Jardim da Saudade, às 14h. 
Orlando Campos, o Orlando Tapajós, morreu aos 85 anos e deixou 11 irmãos, 7 filhos, 11 netos e 5 bisnetos

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.