sábado, 16 de junho de 2018

Ilhéus: Pastor Carlson confessou que forjou o próprio sequestro e teria fugido por vontade própria.


O pastor Carlson Benjamin dos Santos, que estava desaparecido desde a última quarta-feira (13), é acusado de ter forjado o próprio sequestro. 

Após o registro da ocorrência no 1ª DP da cidade de Ilhéus,  informando sobre o desaparecimento de Carlson Benjamin dos Santos, conhecido como Pastor Carlson, ocorrido na última quarta-feira (13), diversas diligências foram realizadas objetivando localizar o mesmo. Um inquérito policial foi instaurado para apurar os fatos.Na madrugada desta sexta-feira (15), Carlson entrou em contato com a família informando que havia sido “liberado” nas proximidades de Feira de Santana.Após informar a família, Carlson foi a Delegacia de Polícia, no 1ª DP da cidade de Ilhéus, para registrar a ocorrência. Lá ele disse que foi sequestrado por 3 homens armados na praia do norte em Ilhéus e que teria sido encapuzado e levado em seu veículo para um local, sendo liberado apenas na madrugada do dia 15/06/2018.Diante das informações coletadas pelos investigadores, bem como das declarações colhidas com familiares, diversas incoerências foram identificadas no depoimento de Carlos.Ouvido, novamente, em Termo de Interrogatório, questionado pela Autoridade Policial, Carlson confessou que forjou o próprio sequestro e teria fugido por vontade própria.Em face da confissão, foi lavrado contra Carlson o TCO pela prática do Crime previsto no Artigo 340 do CP de (falsa comunicação de crime).

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.