sábado, 13 de janeiro de 2018

COLÔNIA DE UNA :Moradores cobram melhorias e ampliação da iluminação pública no distrito;Você Repórter

Cansados de esperar por uma ação enérgica da prefeitura do município de Una, no sul da Bahia,moradores da Rua Nova ,procuraram o nosso Blog,para reclamarem da falta de iluminação pública em diversos pontos da localidade, um desses lugares afetados, fica próximo a Igreja Assembleia Guerreiros de Jesus.
               Foto enviada por moradora ao nosso WhatsApp 73 9 9941-5577
A falta de iluminação pública vem deixando os moradores cada vez mais apreensivos. Os postes até existem, porém poucos possuem luminárias e muitas estão queimadas.E o temor dos moradores é referente aos assaltos que vem acontecendo frequentemente na região. “Faltam lâmpadas em um grande espaço, então fica tudo escuro e a gente fica com medo, sem saber o que fazer”, contou uma moradora que não quis revelar o nome.Além dos trabalhos diários, José (nome fictício) espera todos os dias na entrada do bairro por sua mulher, que chega do trabalho a noite. “Eu fico esperando a minha esposa chegar. Ela vem de carro, mas mesmo assim a gente ainda fica com medo. E se ela entrar no bairro e um bandido chegar e assaltar. A insegurança é muito grande”, lamentou.
Para usar o transporte coletivo muitos moradores aguardam às margens da rodovia. Local que não possui iluminação adequada ou sinalização.Ainda de acordo com José* “a maioria dos moradores pega o ônibus aqui, e quando desce do ônibus o povo sai tudo correndo, mulher, criança, e isso é todo dia e,principalmente quando tem aulas ou cursos na cidade. Se ficar aqui dá dó de ver o pessoal descendo correndo e com medo,para chegar em casa sem ser assaltado”.Questionado sobre o acionamento dos órgãos públicos para sanarem os problemas de iluminação no bairro, tanto sobre a troca dos equipamentos queimados, quanto a instalação de mais luminárias, Maria* declarou com insatisfação. “Mas a gente liga e eles [prefeitura] não dão resposta para a gente, não resolvem nada”.
TAXAS
O presidente da Comissão de Direito do Consumidor, da Associação dos Advogados do Centro-Oeste de Minas Gerais (AACO), Eduardo Augusto Silva, explicou que se próximo à residência não houver nenhuma iluminação, o consumidor pode solicitar o cancelamento da cobrança da taxa de iluminação pública. “Nos casos em que consumidores não tenham iluminação pública em sua rua, na porta de sua casa entendemos que não é justo e igualitário que pague o mesmo valor do contribuinte que tem todo serviço em sua rua, em seu bairro. Até porque a ausência de iluminação pública na rua e/ou à porta da residência gera insegurança, incômodo e ainda contribui para prática de crimes de todo tipo, além de transtornos a cada transeunte quando passa por ruas escuras”.
SE VOCÊ tem alguma denúncia e foto,colabore com a reportagem do BLOG PAULO JOSÉ e envie seu material para o e-mail: fvpaulojose@gmail.com OU WhatsApp 73 9 9941-5577

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.