quarta-feira, 9 de agosto de 2017

FIRMINO ALVES: JUSTIÇA CONSIDERA ILEGAL GREVE DOS PROFESSORES

A Justiça do Trabalho da Bahia considerou abusiva a greve dos l professores da rede municipal de ensino de Firmino Alves, no sul do Estado, determinou o retorno imediato dos profissionais ao trabalho e autorizou o desconto dos salários por dias paralisados após a decisão.
De acordo com a determinação, a APLB (núcleo de Firmino Alves) tem 48 horas para colocar no mínimo 50% dos professores na sala de aula, , sob pena de multa diária de R$ 5 mil.“ Nó sempre estivemos a disposição dos professores para uma negociação com o objetivo de não prejudicar os alunos”, declarou a secretária de educação Andréa Morais.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.