sexta-feira, 28 de julho de 2017

POLÍCIA CIVIL DE ILHÉUS RECONSTITUI MORTE DE ADOLESCENTE

A Polícia Civil fez na noite de quinta-feira (27), no centro de Ilhéus, a reconstituição da morte da estudante Thayná Verena, de 16 anos.  A investigação busca esclarecer o que realmente aconteceu na madrugada do dia 17 de janeiro do ano passado.
A estudante morreu após cair de um carro em movimento, segundo versão do namorado Rodrigo Lavigne, que dirigia o veículo. O casal e um amigo voltavam de uma festa quando ocorreu o incidente. A família da adolescente desconfia da versão do rapaz e acompanhou a reconstituição do crime.
A polícia investiga a hipótese de Rodrigo Lavigne ter empurrado a estudante do carro em movimento na Avenida Soares Lopes, mas o rapaz alega que a jovem caiu do veículo e que não teria motivos para cometer o crime.

Rodrigo Lavigne chegou a ser preso  não pela morte da menina, mas porque estava dirigindo alcoolizado. O jovem foi liberado depois de pagar fiança. Foi ele quem socorreu a estudante e, em depoimento à polícia, afirmou que a namorada caiu pela porta traseira do veículo.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.