segunda-feira, 24 de abril de 2017

Governo proíbe pesca para forçar venda da carne bpvina encalhada





No feriado de sexta-feira (21) houve protestos na Bahia (Em Porto Seguro,Canavieiras, Ilhéus e Nova Viçosa) contra a proibição da pesca de mais de 450 espécies de peixes e mariscos pela Portaria 445, editada em 2014 pelo Ministério do Meio Ambiente, mas que só agora a fiscalização começou a agir. Por trás do argumento de defesa do meio ambiente pode estar a estratégia do governo Temer para salvar os frigoríficos do baque nas exportações, depois da Operação Carne Fraca. A carne (bovina, de ave e de porco) encalhou, mas a MP 445 vai dar uma força. O consumidor brasileiro vai engolir mais essa.A finalidade da manifestação do setor pesqueiro é denunciar os efeitos perversos da Portaria 445, do Ibama, que proíbe a pesca e comercialização de diversas espécies de pescados e mariscos, a exemplo de badejo, vermelho, guaiuba, atum, cavala, cação, arraia, garoupa, e a captura do guaiamum. Ao todo, a Portaria do Ibama proíbe a pesca e comercialização de 425 espécies.Outra reclamação feita pelas lideranças do setor pesqueiro é que eles nunca são ouvidos antes de o Ibama tomar atitudes drásticas e que vai levar à falência toda a cadeia produtiva da pesca.


0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.