domingo, 5 de março de 2017

Polícia investiga assassinato de travesti que foi espancada até a morte

Crueldade e covardia. A Polícia investiga o assassinato da travesti Dandara dos Santos, de 42 anos, ao ser espancada até a morte. O crime aconteceu no dia 15 de fevereiro, e teve repercussão nas redes sociais após o compartilhamento do vídeo que mostra a travesti sendo agredida por um grupo de homens no meio da rua, no bairro Bom Jardim, em Fortaleza.
Uma pessoa gravou o vídeo em que aparece o grupo de agressores e mostra parte da violência. Três cramunhões dão chutes e batem em Dandara com um chinelo. A travesti fica com marcas de sangue pelo corpo e não consegue reagir. Os caras ordenam que a travesti suba em um carrinho de mão. Arrebentada, ela não consegue levantar e cai novamente ao chão, quando dois agressores dão chutes direto na cabeça da vítima.

 Foto: Reprodução/Youtube

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.