quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Prefeito eleito em Belmonte renuncia ao cargo pela terceira vez

O prefeito eleito no município de Belmonte, no extremo sul do estado, não tomou posse no último domingo (1º) para manter o cargo de deputado estadual da Bahia.
                                    Jânio Natal, eleito prefeito, renunciou para seguir como deputado
Essa não é a primeira vez que Jânio Natal (PRP) renuncia à prefeitura local. Ele esteve na gestão da cidade entre 1993 e 1996, como também entre 2000 e 2002. Em ambas as oportunidades, abandonou os mandatos antes do fim. Com a renúncia do cargo, o vice-prefeito, Janival Andrade, assumiu a prefeitura. Ele é irmão do prefeito eleito, Jânio Natal. O salário de prefeito de Belmonte é de R$ 15 mil e o de deputado estadual R$ 25.333. Jânio garante que a motivação da renúncia não foi financeira.“Se eu saio de deputado, Belmonte, Cabrália, Itapebi, Itagimirim, Eunápolis, Itabela, Teixeira [de Freitas], Itamaraju ficariam sem qualquer representação na Assembleia Legislativa”, defende Jânio Natal. Com a posse de Janival como prefeito, Belmonte não terá vice-prefeito e, na ausência dele, quem assume a prefeitura é o presidente da câmara, o vereador Aelson Matos. (A Tarde)

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.