sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Assassino de italiana confessou que estava muito doido de pó



img-20161124-wa0006
A policia  civil de Cairu, ouviu o assassino da italiana  Pamela Canzoniere de 39 anos, que foi assassinada por asfixia, em uma casa alugada por ela, em Morro de São Paulo.  Antonio Patricio dos Santos, foi ouvido pela delegada Argimária Soares Freitas, titular da delegacia de Cairu. Ele disse que matou a italiana, mas não lembrava dos detalhes porque estava ” chapado ” de cocaína. O elemento já tem passagem pela policia e tinha mandado de prisão em aberto.
6

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.