sexta-feira, 28 de outubro de 2016

S.A.J.: após pressão popular, vereadores desistem de aumentar subsídios

Os vereadores de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, desistiram de aumentar os subsídios a partir de janeiro de 2017 depois que populares se revoltaram com a aprovação do projeto que elevaria a remuneração dos legisladores de R$ 9 mil para R$ 12 mil.
Segundo informações do site InfoSaj, nesta quinta-feira (27) foi a quarta vez que a população ocupou a Câmara pedindo a revogação do aumento do subsídio dos vereadores do município.
 De acordo com o projeto aprovado pela Câmara, fica mantido para o quadriênio 2017/2020, o valor do subsídio mensal atualmente pago aos cargos de prefeito, vice, presidente da Câmara, vereadores e secretários municipais.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.