sexta-feira, 27 de maio de 2016

CPI de Pimentel no forno

Após as denúncias de O Antagonista, o deputado estadual Sargento Rodrigues formalizou requerimento de abertura de uma CPI para apurar os crimes cometidos por Fernando Pimentel no exercício do cargo de governador de Minas Gerais.Como mostramos mais cedo, Pimentel usou o hangar do governo para se reunir com Carlos Alberto, dono da Caoa, e seu presidente, Antonio Maciel. Pimentel também foi a São Paulo jantar na casa de Carlos Alberto.Em ambos os casos, o governador mobilizou a segurança oficial da PM. "Pimentel cometeu crimes de improbidade e tráfico de influência. Temos o fato determinado para a abertura da CPI", diz o deputado.Rodrigues já conseguiu 13 assinaturas e precisa de mais 13. A CPI pode servir de base para um processo de impeachment.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.