quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Preço do gás na Bahia sobe nesta quarta-feira (4)


Os consumidores foram pegos de surpresa ao comprar seu botijão de gás na Bahia a partir desta quarta-feira (4). 

Segundo Edgar Moura, presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás, ficará mais caro e o valor adicional será de R$ 2. 

O preço foi fixado após o reajuste da base de dados chamada de Pauta Fiscal, apresentada pela secretaria da Fazenda às empresas revendedoras. 

 "Esse valor implica nas empresas que acaba respingando no bolso do consumidor", afirmou. No estado este é o segundo ajuste neste ano. No fim de agosto, o valor do gás foi reajustado em 15%. 

O reajuste foi aplicado após o dissídio coletivo dos trabalhadores do setor. O valor do botijão de 13 kg, que ficava em torno dos R$ 56, com o novo aumento, chegará a custar R$ 58 ou mais.
A SECRETARIA ESTADUAL DA FAZENDA,DIZ QUE NÃO SE JUSTIFICA,ESSE AUMENTO
Após o Sindicato dos Revendedores de Gás anunciar o aumento do preço do botijão a partir desta quarta-feira (4), na Bahia, a Secretaria estadual da Fazenda (Sefaz-Ba) emitiu nota informando que desde o dia 1º de novembro, o Estado promoveu a adequação da sua pauta de tributação do gás liquefeito de petróleo. Com isso, segundo a Sefaz-Ba, o governo baiano passou a levar em conta o Preço Médio Ponderado Final (PMPF), divulgado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) com base em uma pesquisa que considera a realidade de cada mercado e o preço comercializado para o consumidor.A Sefaz-Ba ressalta que não há uma justificativa aceitável para que o preço final do produto sofra alterações na Bahia em função da adequação da pauta, já que, de acordo com relatórios da Agência Nacional do Petróleo (ANP), os revendedores baianos de gás GLP trabalham com alta margem agregada, de 43% sobre o preço de refinaria. A Sefaz alerta também que os casos em que se verifique abuso poderão ser alvo dos órgãos de defesa do consumidor.

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.