quinta-feira, 29 de outubro de 2015

NOSSA COLUNISTA *AYUMI IKUTA,ESTREIA FALANDO SOBRE ''A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO''

O conhecimento é influenciado pelos fatores expostos pela sociedade, mas também pela experiência. Ao longo do processo de formação do nosso intelecto, com a ajuda dos ensinos desde família, a sociedade em nossa volta e nas escolas por correspondência mútua, aprimoramos cada vez mais o nosso conhecimento, isso depende também do esforço, do modo de ensinar e aprender, além do mais, nós que construímos o nosso intelecto, separando, buscando, criticando e analisando as informações.
    Ao longo do tempo, ocorreram mudanças na sociedade informacional.Antes as escolas eram um lugar de respeito e de conhecimento; o professor era respeitado; dava valorização à educação; disciplina rígida; com severas punições; o número de alunos de acordo com os professores, para que tenha tempo de observar e ajudar as crianças na aprendizagem.A escola de hoje é totalmente diferente, desvalorização da educação; professores e diretores desrespeitados e sem autoridade; salas lotadas e menos custos de investimentos; redução do salário dos professores; cortar recursos do transporte e da merenda; a aprovação automática; a falta de ajuda do governo no programa de capacitações para os docentes; com muita carga horária e pouco tempo para o desenvolvimento do plano de aula, desmotiva o professor; avanço nos direitos das crianças e adolescentes deu a liberdade de fazerem o que quiser na sala de aula, desvalorizando a autoridade do professor na sala e do diretor na escola.
   Com a internet, diversas pessoas se tornaram internautas, participando de redes sociais, pesquisando, conhecendo um mundo real dentro do virtual.E com esse avanço, aqueles que não sabe digitalizar no Office para um trabalho escolar; fazer um slide no Power Point ou uma pesquisa no Google para obter informações, são discriminadas. Como pode uma pessoa em pleno século XXI não saber utilizar esses recursos para complementar sua vida informacional? Devido ao modo de vida; a falta de uma educação mais evolutiva; condição financeira ou por ter vivido uma época em que não existia computador, nem internet ou até por falta de interesse, entrando assim na exclusão informacional, não por entrar nas redes sociais, mas pelo fato de não utilizar esse avanço tecnológico como um método de aprendizagem para aprimorar, como: assistir um vídeo aula no Youtube; aplicativos educacionais para celulares; dicionário virtual.Ainda mais hoje, em que vivemos em uma sociedade informacional cheia de recursos, e com o mercado de trabalho exigindo um currículo com domínio em informática e inglês, ou seja, quem tem esses domínios conseguem entrar facilmente no emprego e excluindo aqueles que não tem.

   A gestão escolar deve utilizar novas formas de ensinar, com uma educação dialógica e construtiva; produzir novidades para despertar curiosidade; ensinar a se tornarem pesquisadores para seu processo formativo; exercícios de habilidades cognitivas; exercitando os alunos ao pensamento de ordem superior; aprender a pensar por si mesmos; desenvolver métodos de investigação racional e planejar métodos para serem criativos e capazes.

*AYUMI IKUTA-Nossa correspondente e colunista social da cidade de UNA-BA

CURSO DE LETRAS VERNÁCULAS- UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ-UESC-UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL – UAB

0 comentários:

Postar um comentário

Regras do site:


Não serão aceitos comentários que:

1. Sejam agressivos ou ofensivos, mesmo que de um comentarista para outro; ou contenham palavrões, insultos;

2. Não tenham relação com a nota publicada pelo Site.

Atenção: só serão disponibilizados no site os comentários que respeitarem as regras acima expostas.